Pastor forja seu próprio sequestro e pede resgate em bitcoins

Pastor forja seu próprio sequestro e pede resgate em bitcoins

Segundo a polícia, ele pediu resgate de três bitcoins para a família, valor que chegaria a R$ 105 mil hoje

SÃO PAULO – Um pastor evangélico da Assembleia de Deus Missão, de São José dos Campos (SP), ficou desaparecido por quatro dias e na última quinta-feira (1) apareceu na delegacia confessando que forjou o próprio sequestro. As informações são do portal G1.

Segundo a polícia, ele pediu resgate de três bitcoins para a família. Considerando o valor da moeda digital na véspera, na casa de R$ 35 mil, seriam R$ 105 mil em resgate, que não foram pagos.

De acordo com a DIG (Delegacia de Investigações Gerais), Alexandre Geraldo dos Anjos, foi até a delegacia de Igaratá e contou que tinha sido sequestrado no início da semana, mas que tinha conseguido fugir do cativeiro. Porém, após prestar depoimento na DIG de São José, ele confessou que simulou o sequestro.

“Nós recebemos uma denúncia ontem informando que o pastor tinha almoçado em um restaurante em Jacareí. Fomos até lá e pegamos a filmagem e vimos que ele estava tranquilo. Então, quando ele começou a contar a história do sequestro, já desconfiamos e ao pressioná-lo, ele revelou a mentira”, contou o delegado Neimar Camargo ao G1.

A justificativa do pastor foram dívidas e que precisava e para pagá-las. “Ele tinha pedido o pagamento de três bitcoins, mas como já desconfiávamos, a família não tinha pago”, explicou o delegado. Após ser ouvido, o pastor foi liberado, mas deverá ser indiciado por estelionato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *